Visite minha loja no Solidarium

Coruj'arts

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

A estrada da vida tem trechos de pedra e asfalto

Olá pessoal!
Com essa postagem hoje, inauguro mais uma série aqui do BLOG MOMENTO: "Momento de Reflexão".
Quando pensei em uma outra série para poder movimentar um pouco mais o blog (a fim de postar mais vezes), imaginei algo que pudesse fazer com que as pessoas refletissem sobre coisas da vida, do cotidiano, enfim...
Os textos serão extraídos da internet, revistas e afins, e do meu arquivo pessoal. Não tenho a intenção de postar sobre um assunto específico e seguir a mesma linha em todas as postagens, mas sim, diferenciando sempre que puder.
Espero assim, estar contribuindo com uma palavra amiga.
Espero que gostem!
Silvio Luiz

A ESTRADA DA VIDA TEM TRECHOS DE PEDRA E DE ASFALTO

As vezes não tem jeito: temos que caminhar pelas pedras com os pés descalços. São as épocas da vida em que a gente passa por sofrimentos grandes e inevitáveis como doenças e morte de pessoas queridas. É a dor e a tristeza que precisamos atravessar.
Já experimentou andar descalço em pedras ásperas? Machuca, dói, sangra e até queima se tiver aquele sol do meio-dia. E tem sofrimento que é igualzinho: queima lá dentro, dói no coração, no estômago, na barriga, na cabeça...
Dói tanto que tem gente que prefere se anestesiar: ficar apático, indiferente, cria couro de jacaré, vira gelo para tentar não sentir.
Tem gente que bebe, bebe e bebe “para esquecer’. Ou então vai por ai, saindo de uma festa e entrando em outra, fazendo muito barulho para são escutar a dor.
Sabe até que tem gente que briga sem parar só para não sentir saudade nem tristeza?
Caramba... mas por que lutar tanto desse modo? Será que isso não prolonga a dor e até acaba criando novos sofrimentos?
Mas ainda bem que nessa estrada da vida também há os trechos que já encontramos asfaltados: são os períodos em que as coisas andam bem e a gente caminha confortavelmente, sem muito esforço. É bom aproveitar para “curtir”, tomar fôlego e armazenar forças.
Até porque há também os trechos em que a gente precisa trabalhar para asfaltar e tornar a estrada melhor para caminhar.

(Desconheço a autoria)

2 comentários:

Maria disse...

Olá, Silvio Luiz, que bom que que vc me visitou. amigos da Ivani são também meus amigos!
Gostei da reflexão que vc postou hoje, vou ler sempre seu blog.
Um abraço e vamos sempre nos visitar aqui neste mundo maravilhoso da net.
Um grande abraço da
Maria

Silvio Luiz disse...

Maria, que bom que você gostou...
E como já disse, seja sempre muito bem vinda!
Bj

Tradutor - Translate

Visite-os também e surpreenda-se!