Visite minha loja no Solidarium

Coruj'arts

sábado, 28 de março de 2009

Earth hour - Hora do Planeta


Olá pessoas! O destaque especial de hoje é para o movimento EARTH HOUR - HORA DO PLANETA!



Imagine o planeta inteiro de luzes apagadas por uma hora? Esta é a idéia do movimento 'Hora do Planeta', promovido pela 1ª vez no país pela Organização Não Governamental WWF-Brasil, que convida o mundo todo a mostrar sua preocupação com o aquecimento global e as mudanças climáticas, por meio de um ato simbólico: apagar as luzes por 60 minutos. O objetivo é chamar a atenção para o tema ambiental e fazer as pessoas pensarem sobre como podem ajudar.

Conhecido mundialmente como 'Earth Hour', a 'Hora do Planeta' será promovida no Brasil pela 1ª vez pelo WWF-Brasil e conta com a adesão e apoio do Rio de Janeiro , a primeira cidade brasileira a aderir à iniciativa. No mundo, mais de 170 cidades de 62 países já confirmaram que irão aderir.

Neste ano, a 'Hora do Planeta' ocorre no dia 28 de março, das 20h30 às 21h30, e pretende ter mais de mil cidades e 1 bilhão de pessoas em todo o mundo, todas apagando as luzes por uma hora.

Este movimento vem acontecendo desde 2007, quando contou com a participação de mais de 2 milhões de moradores de Sidney, na Austrália. Já em 2008, o movimento teve 50 milhões de pessoas, de 400 cidades em 35 países. Simultaneamente apagaram-se as luzes do Coliseu, em Roma, da ponte Golden Gate, em São Francisco e da Opera House, em Sidney, entre outros ícones mundiais.

Participação brasileira

No Brasil, este ano, o governo do Estado de São Paulo já se comprometeu em apagar das luzes da Ponte Estaiada, Monumento às Bandeiras, Viaduto do Chá, Estádio do Pacaembu, Teatro Municipal, Obelisco e Parque do Ibirapuera. Além dos monumentos públicos, instituições da cidade como o Edifício Copan, o Instituto Butantan e o MAM (Museu de Arte Moderna) já anunciaram a sua participação na Hora do Planeta e apagarão as suas luzes externas no próximo dia 28 de março, bem como prédios comerciais como World Trade Center, o Sheraton Hotel e a sede da Vivo, todos na região da avenida Berrini.

O Rio de Janeiro garantiu que que vai desligar as luzes dos principais cartões-postais da 'Cidade Maravilhosa', tais como Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Parque do Flamengo e a orla de Copacabana, que terá segurança reforçada.

Já em Brasília serão apagadas as luzes dos principais ícones da capital federal como Congresso Nacional, Catedral, Esplanada dos Ministérios, entre outros. Em Porto Alegre, a prefeitura do município confirmou que a estátua do Laçador e a Usina do Gasômetro serão os ícones gaúchos que ficarão no escuro por uma hora, das 20h30 às 21h30. Em Curitiba, os ícones da cidade que serão apagados são: Teatro do Paiol, Fonte dos Anjos, Torre da Biodiversidade, Estufa do Jardim Botânico, Linha Verde - Monumento de bambu, as fontes das praças Santos Andrade e Generoso Marques, portais de Santa Felicidade e Polonês, pista de atletismo da praça Osvaldo Cruz, e cancha polivalente da Praça Ouvidor Pardinho.

Manaus prometeu que irá apagar as luzes da fachada e interior do Teatro Amazonas, na cidade de Manaus, um importante ícone do norte do país, e do Largo São Sebastião.

http://br.noticias.yahoo.com/s/27032009/48/entretenimento-voce-aderir-movimento-hora-planeta.html


Manifeste-se também! Faça a sua parte!
Abreijos!

2 comentários:

Dona Poesia disse...

Que coisa maravilhosa,Luiz, uma pena que as cidades do interior , a minha, por exemplo, nao se mobilizaram, nem aderiram ao movimento.
Mas é muito legal saber que as capitais aderiram.
o planeta está em risco, só nao vê quem nao quer.
Um beijão

Joéliton disse...

Muito boom isso tudo.


abraçosss;;

Tradutor - Translate

Visite-os também e surpreenda-se!