segunda-feira, 6 de abril de 2009

Canção dos imperfeitos

Oi pessoas!
Partilho aqui com vocês, um verdadeiro ode à imperfeição humana!
Espero que gostem!
Abreijos



Canção dos imperfeitos
(Pe. Zezinho, scj)

E se for pra semear a esperança num jardim
E se for pra desculpar uma criança eu digo sim
E se for pra perdoar não tenho escolha
Também sou pecador, também preciso de perdão

Não sou santo nem sou anjo
E nem demônio eu sou só eu
Imperfeito, insatisfeito,
Mas feliz, aqui vou eu
Eu sou contradição,
Eu sou imperfeição,
Só Deus é coerente

Já sorri, já fiz feliz,
Já promovi, já elevei
Já chorei. já fiz chorar,
Já me excedi, já magoei
Eu tenho coração,
Mas sou contradição
Só Deus acerta sempre

Por isso eu canto esta canção,
Canção de amor arrependido
Ao Deus que é pai, ao Deus que é paz,
Ao Deus que é luz, ao Deus que é vida
Pois quando a gente cai
Deus age como pai Perdoa, perdoa
E torna a perdoar e ensina como amar
Eu sou contradição
Eu sou imperfeição,
Mas Deus, ele é perdão.



2 comentários:

D M Machado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
D M Machado disse...

luz...
gostei do post amigo
vejo sempre uma luz por aqui
sempre volto

abraço e boa semana

Tradutor - Translate

Visite-os também e surpreenda-se!